Tenha um coach com a Moov Now!

Moov Now - Usado e Aprovado! Tenha um coach com esse app!


Eu gostei muito do que vi usando minha Moov Now, ainda não cheguei ao corpo perfeito, mas acredito que ele está a caminho. Veja nesse vídeo o meu review e caso precise de mais informações é só pedir que providencio para você, vem comigo!



Com a evolução dos gadgets temos visto um mercado voltado para os hábitos saudáveis. Com esse mercado aberto temos desde dispositivos simples até mesmo os mais robustos e completos.
Bom, smartbands são diferentes dos smartwatches nos quesitos básicos de funcionalidades, a grosso modo, a smartbands não podem ser usadas com recursos avançados de sincronia e integração com o telefone [sistema operacional], eles são voltado para consulta das horas, assim como mudar o tema de fundo, a cor ou intensidade com que se vê horas, ponteiros ou tela. Mas sim, há smartbands no mercado que permitem ver as horas com leitura de luzes de led, receber notificações com alertas vibratórios.
E há uma infinidade de ofertas das smartbands no mercado e antes de realizar a compra da nossa, uma pesquisa no mercado foi feita com o intuito de encontrar a melhor disponível para nadar. Por isso hoje, falaremos de uma em específico: a smartband moov now.
Até os dias de hoje, temos duas grandes concorrentes: a Speedo Shine da Misfit e moov now.
Escolher entre elas não foi fácil, mesmo porquê a Misfit fez com que seu gadget fosse atestado pelo laboratório aquático da Speedo e com isso a empresa aprimorou seu algoritmo de rastreio para natação. A misfit inclusive, possui outras smartbands lançadas, o destaque fica para a Misfit Shine que em sua segunda versão é possível ver horas e a integração com o smartphone está mais completa utilizando suas luzes de led. Ela tem recursos interessantes para sua faixa de preço, mas infelizmente o algoritmo de rastreio de natação não está incluso nessa versão. Sendo assim, o rastreio de natação virou função exclusiva da Speedo Shine. Que por sinal, leva o nome da marca que testou o hardware em seu laboratório.
Mas vamos falar da moov! Ela me surpreendeu, com o design discreto passa batido como sendo um relógio e faz análise dos seus movimentos durante o dia e noite. Ela conta com duas pulseiras, uma para pulso e outra para o tornozelo.
É confortável para usar e não causa nenhum “peso” no braço. Às vezes me esqueço que estou com ela. A bateria é do tipo CR2032 e o fabricante diz que dura aproximadamente 6 meses. Mas só de não ter a preocupação de carregá-la depois de determinado tempo já é um ponto positivo para ela, sem contar que esse tipo de bateria é encontrado em qualquer lugar.
Bom, o funcionamento dela é bem simples você inicia, por exemplo, o esporte de natação na pulseira e não precisa levar o celular para academia. Ela vai gravar os movimentos de natação por até 120 minutos. Quando terminar e estiver perto do telefone, basta informar ao aplicativo que já terminou de nadar logo em seguida será feito o upload dos dados da pulseira para o aplicativo no telefone. Com isso, ele vai gerar gráficos e plotar seus números, estipular novos recordes e te deixar interessado a quebrá-los. Inclusive ao nadar ela detecta qual nado foi feito e informa as calorias queimadas, seu tempo e distância realizados na piscina.

Dados coletados após nadar com a smartBand.
E Sim, quando você tem números das suas atividades diárias você fica motivado a sempre evoluir, o aplicativo tem exercícios que são voltados a qualquer público, tem esportes do tipo cardio, indoor [para tonificar o corpo], caminhadas, corridas e bicicleta. Em atividades de corridas e bicicleta o aplicativo da moov now pede para que você a use no pé para que os movimentos possam ser melhores detectados.
Quando você faz atividades fora da piscina ela pode pedir para que você use fone de ouvido, é que vai haver um treinador lhe auxiliando com os exercícios, uma espécie de personal, dizendo quantas séries falta para terminar e se houve quebra de recordes.
Nas atividades providas pelo aplicativo, o interessante é que não dá para “roubar”, se você fizer uma abdominal com preguiça ou um movimento que não seja completo, ela não contabiliza como movimento da atividade. Então se você resolver praticar a atividade “Get toned in under 10 minutes” vá até ao final, mas no começo não será cansativo pois o aplicativo não permite que você comece logo fazendo 40 ou 50 minutos de atividades, ele começa com 7 minutos e aos poucos você desbloqueando atividades que aumentam 1 minuto por dia. Muito bem regrado para evitar excessos ou que você corra algum risco.
Uma coisa interessante de ser dita é que ela monitora o sono “automático”, ela sabe quando você dorme sem precisar avisar a ela. É que há alguns modelos de smart watches, não sei se há de smartbands, mas alguns dispositivos necessitam de aviso para quando o sono foi iniciado. A moov capta seus movimentos e sabe quanto tempo você dormiu e qual foi o período de sono restaurador.
Bom, e quando alguma atividade é realizada fora dos exercícios oferecidos pela smartband? Qual o seu comportamento? Fiz algumas atividades estilo crossfit indoor, e ela não mostrou os pole chinelos feitos ou contabilizou as calorias destacadas como faz com suas atividades, mas detectou com sucesso altos picos de movimentos ativos e no resumo do dia, ela conseguiu contabilizar com precisão as calorias gastas na atividade. Peguei o valor de calorias que estava contabilizado antes das atividades e subtrai pelo valor de calorias contabilizadas após o final das atividades. Quando digo preciso, foi comparando com sites de cálculo de calorias das atividades que pratiquei, em conjunto com outras smartbands ou smartwatch.
O que esperar da smartband: cumpre o que promete no quesito de monitorar movimentos ativos, não cobre dela maior integração com o smartphone ou notificações, essa não é a proposta dela. Exija dela precisão ou melhoria na detecção dos movimentos que em seu uso foram feitos com precisão. E outra coisa que tem sido muito esperada desse tipo de dispositivo é a contagem de passos. A proposta da moov é que você tenha um dia mais ativo, para isso ela usa um algoritmo diferente que vai além da contagem de passos, tem vez, que dependendo da caminhada os passos não são com movimentos ativos, uma ida ao banheiro por exemplo haverá apenas contagem de passos, mas uma ida a padaria conta com obstáculos, clima, carregamento de peso [pão pesa gente! rsrs] então nesses casos você verá uma linha vermelha de movimento indicando que nesse caso houve perda significativa de calorias, calorias estas, que merecem ser contabilizadas no seu dia como ativas.
Ela também foi utilizada nas plataformas Android e iOS e todas as funcionalidades disponíveis foram bem utilizadas e aproveitadas com ela, não houve nenhum problema ou bug detectado ao trocar de plataforma, tudo funcionou como esperado. Um detalhe é que, no Android houve uma atualização de firmaware que também ocorreu como previsto e foi mais um ponto positivo ao usar a smartband.
Se você tem vontade ou mesmo quer motivação para estar mais “ativo”, proposta essa traga pela smartband moov now ela é um bom indicador para o seu dia. Ela conscientizou que meu dia no escritório era muito sedentário do que eu sabia, só passei a ter movimentos “ativos” no dia, após ver o gráfico que ela gerou e com isso decidi subir escadas na chegada, caminhar e subir mais escadas no horário de almoço e ao fim do dia praticar alguma atividade física.
Abaixo, mostro uma figura do rastreio da moov, ela torna vermelha a barra que indica um movimento do dia considerado ativo. Não espere ver passos diários pois ela não faz esse tipo de análise, há uma explicação até interessante para isso, a pulseira tem um algoritmo que analisa seus movimentos e com base em um algoritmo ela determina se o movimento é considerado ativo ou não. A consciência que tomou meus pensamentos após usá-la foi perceber a quantidade de movimentos não ativos [as barras cinzas na imagem abaixo]. Isso me fez perceber que há muito o que mudar e por isso alguns hábitos foram trocados como subir escadas ao chegar no trabalho, dar uma volta e subir novamente escadas na hora do almoço, e eles são justamente os picos de movimento que podem ser vistos na imagem. Sim, isso assusta, ter um dia totalmente sedentário passa despercebido e é prejudicial à saúde.
         

Gráfico diário de acompanhamento de movimentos da smartband.
Nos dias de hoje os índices cardíacos tem sido muito recorrentes e meu objetivo com ela era praticar algo que pudesse me deixar fora desses números e melhorar a musculatura do meu joelho. Com as informações que ela provê você fica motivado a sempre estar “ativo”, não sou atleta, não tenho intenção de ser, mas seus números me ajudam a dizer se estou próxima ou não do meu objetivo definido. Sem contar que nossa evolução ainda não nos permite passar anos “praticando” sedentarismo sem nos prejudicar. Os indicadores dela te ajudam a nortear como seu dia pode ser melhor ou se está próximo do que você pretende melhorar.
Bom, os objetivos básicos dessas smartbands estão relacionados ao rastreio de atividades físicas, bem como monitorar horas de sono, calorias gastas e alguns até ajudam a estipular metas a serem cumpridas. Esses rastreios visam alertar em como a melhoria e agregação dos hábitos saudáveis em sua vida estão em falta e precisam ser melhoras. Afinal, já imaginou que com 5 mil passos dia você poderia gastar calorias e ficar mais longe de estatísticas de problemas de saúde? Sim, andando mais por exemplo, você pode ter um coração mais saudável, estimular o metabolismo, estimular a queima de calorias. Isso com alertas trazem com eles reflexões que te fazem mudar de hábitos como andar a pé até o carro, pegar ônibus por dias determinados na semana, e claro, até conscientizar você de que é necessário dormir mais cedo.


Até a próxima!
Lisa Byte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Banco Inter, como funciona, vale a pena? Eu te conto ;)

Como publicar seu App na PlayStore #02 - Políticas de Privacidade

Nubank Lança Nuconta: Eu te conto se vale a pena ;)